Para a crise social em que vivemos, onde a célula marter da sociedade desintegra-se, é necessário oportunizar conteúdos e soluções para a convivência relacional entre pais e filhos. Como a maior parte da vida de nossos alunos é gasta fora da escola, sob a influência direta do convívio social e familiar, é imprescindível que, diante dessa realidade, cada escola necessita exercer auxílio educativo, moral e espiritual para a qualidade do contexto familiar relacional de seus alunos. Este é um projeto de extensão que apresenta um processo de envolvimento da família no cotidiano escolar, promovendo subsídios para um desempenho mais efetivo e eficaz no ato de educar. A parceria entre escola e família deve ajudar e fortalecer os valores da educação que redime.

Objetivos:

  • Mostrar Deus como um Pai amoroso da grande família cristã;
  • Criar unidade de ação entre família e escola;
  • Evidenciar os valores bíblico-cristãos na formação de crianças e jovens;
  • Auxiliar as famílias nas questões relacionais;
  • Apresentar uma forma saudável de viver;
  • Integrar a família nas atividades educativas da escola.

Prioridade:

Este projeto deve estender-se ao longo do ano letivo, com encontros periódicos a cada bimestre e quando houver datas e programas especiais. A comunidade onde a escola está inserida e as famílias dos alunos são o público-alvo destas ações.

Metodologia:

  • Palestras com profissionais da saúde;
  • Seminários com temas sobre educação de filhos;
  • Intercâmbio entre escola e família;
  • Promover cursos sobre educação familiar, saúde e outros assuntos pertinentes;
  • Programas sociais e recreativos com as famílias;
  • Programas espirituais em datas como: Páscoa, Natal, etc.;
  • Realização de ações solidárias integradas.

Operacionalização:

  • Montar uma estratégia de marketing para a Escola de Pais;
  • Elaborar um cronograma das ações anuais;
  • Promover a distribuição de literatura cristã e evangelística;
  • Convidar palestrantes (cristãos) especialistas;
  • Providenciar brindes para as dinâmicas dos encontros;
  • Criar um blog da Escola de Pais para interagir com as famílias;
  • Recrutar uma equipe de apoio para realizar todas as atividades.

Departamentos responsáveis por este projeto – direção, capelania, coordenação pedagógica, orientação educacional e corpo docente.

Culminância:

Entregar os certificados aos participantes com 75% de presença nas palestras e cursos oferecidos pelo projeto. Promover a parceria entre escola e família na resolução de problemas educacionais por meio de equipe multidisciplinar. Integrar as famílias no meio cristão salutar.

 

Imagem: WavebreakmediaMicro/Fotolia